6 motivos para todo recém-formado ter um ultrassom veterinário

Ultrassom veterinário para profissionais recém-formadosVocê sabia que ter um ultrassom veterinário é fundamental para todo profissional recém-formado?

Para um profissional de marketing ter um computador a sua disposição é essencial, não é mesmo? Da mesma forma, para um Chef de cozinha ter um fogão é imprescindível, concorda?

Parecem ser tão óbvias essas associações, mas muitos médicos veterinários se formam na faculdade sem ter a dimensão da importância de ter um ultrassom veterinário para poder atender a mais pacientes, oferecendo um diagnóstico preciso e completo.  

E você, consegue me dizer os motivos para todo profissional da área ter um ultrassom veterinário? Então fique atento pois neste texto vamos dar 6 razões pelas quais você deve comprar o seu agora mesmo! Confira!  

1. Atender a uma demanda crescente

A área da medicina veterinária tem se mostrado bastante promissora no mercado brasileiro. Isso porque, o país é hoje o 2° maior do mundo em população de cães (cerca de 52 milhões) e gatos (aproximadamente 21 milhões). Para se ter uma ideia dessa quantidade, de acordo com dados do IBGE, hoje existem mais animais de estimação do que crianças!

Soma-se a esse número, a relevância que a criação de grandes animais tem para o Brasil. Existem cerca 218 milhões de cabeças de gado (o número de bovinos supera o de pessoas!). E cerca de 5 milhões de cavalos. Ambos muito importantes para a economia Brasileira.

Nesse cenário, a demanda por médicos veterinários é muito grande. Além disso, tutores e criadores de animais estão em busca de profissionais que estejam aptos para lidar com as suas demandas E claro, oferecendo diagnóstico e tratamento de qualidade.

Uma forma de fazer isso é investindo em equipamento próprio, como o ultrassom veterinário. Com o ultrassom, o profissional conseguirá atender de forma muito mais completa, um maior número de animais. Por isso, o investimento vale a pena.

2. Se destacar diante dos concorrentes

Da mesma forma que cresce a demanda por profissionais da medicina veterinária, aumenta também a quantidade de profissionais formados todos os anos. Com isso, a concorrência tende a ser maior.

Quando o médico veterinário não possui o ultrassom, em casos mais complexos, ele precisa encaminhar para outro profissional. Assim, acaba  perdendo uma grande oportunidade de lucrar mais, além de oferecer o atendimento completo.

Por isso, quem quer se destacar neste mercado tão concorrido, precisa pensar em equipamentos de alta qualidade. Sem contar também capacitação para utilizá-los da melhor forma.

3. É útil em qualquer área da medicina veterinária

Alguns profissionais podem ter receio sobre a utilidade do ultrassom por acreditaram que ele seria mais útil em algumas áreas do que em outras. Mas, a verdade é que, qualquer que seja a sua especialização, o equipamento será fundamental.  Afinal, a ultrassonografia pode ser utilizada para:

    • Alterações gástricas;
    • Trato urinário;
    • Coração;
    • Tendões;
    • Avaliação do fluxo sanguíneo dentro de veias e artérias;
    • Sistema reprodutivo, com possibilidade de diagnóstico gestacional precoce;
  • Avaliações oftalmológicas, ortopédicas, intestinais e dos tecidos;

4. Ganhar mais credibilidade

Um dos grandes desafios de um profissional recém-formado é construir a sua reputação e conquistar credibilidade junto aos tutores dos pacientes. Afinal, as pessoas precisam confiar em quem vai cuidar do seu animal.

Uma forma de conquistar credibilidade mais rapidamente é a utilização de recursos avançados, como o ultrassom. Isso acontece pois é fato que o ser humano tende a acreditar muito em tecnologia. Com isso, ter e dominar o uso do equipamento que fornece diagnóstico avançado, é, sem dúvidas, uma forma de ganhar mais credibilidade.

5. Aumentar o número de pacientes

O ultrassom veterinário permite o atendimento de pacientes com diversos sintomas, uma vez que, como vimos, a sua versatilidade é bem grande.

Nesse sentido, um médico veterinário que tenha este aparelho, poderá atender diversos casos, de diferentes complexidades. Assim, evita ter que encaminhar pacientes para outros colegas simplesmente por não fazer o uso do diagnóstico por imagem em animais.

Além disso, existem diversos modelos de ultrassons veterinários que são portáteis, o que permite que o profissional se desloque até o paciente para fazer o atendimento. Evitando que animais debilitados, de grande porte ou que estejam em áreas mais distantes tenham que se deslocar para ter o atendimento de qualidade.

6. Se tornar referência na área

Quando um médico veterinário recém-formado tem a possibilidade de ampliar seus atendimentos, aprofundar o diagnóstico e transmitir mais credibilidade, automaticamente, está no caminho certo para se tornar uma referência na área de atuação. Assim, a tendência é ter cada vez mais pacientes, abrir a sua própria clínica e aumentar a lucratividade.

Viu só como ter um ultrassom veterinário pode ser a atitude que faltava para você aumentar o número de pacientes e se consolidar no mercado de trabalho?

Se você quer saber mais sobre esse assunto, não deixe de conferir o nosso Ebook completo sobre ultrassonografia veterinária!