Pós-graduação em medicina veterinária: tudo que você precisa saber!

Você já pensou em fazer uma pós-graduação em medicina veterinária?

O mercado está cada vez mais competitivo e exigente para médicos veterinários. Segundo informações divulgadas pelo Conselho Federal de medicina Veterinária (CFMV) no Brasil existem cerca de 85 mil médicos veterinários ativos. Por tanto, é considerado o país com o maior número de profissionais nessa área.

E, por essa razão, muitas vezes, apenas a graduação pode não ser suficiente para alcançar o sucesso profissional. Apesar de ser um número alto, o mercado de atuação para estes profissionais está em franco crescimento.

Inegavelmente, quem quer realmente se destacar e, além de tudo, oferecer o melhor atendimentos aos pacientes, precisa fazer uma pós-graduação em medicina veterinária. Porém, atrelado a grande disponibilidade de médicos veterinários está o aumento das exigências do mercado. Isso por que a demanda é por profissionais com alto conhecimento e vivência das técnicas na prática

.Mas, antes de tomar a decisão por um tipo de especialização ou outro, é fundamental conhecer as modalidades de pós-graduação e escolher uma área para se tornar especialista. Por essa razão, neste artigo, vamos explicar sobre as vantagens de se especializar, os tipos de pós-graduação existentes e as principais áreas da medicina veterinária. Confira!

Por que fazer uma pós-graduação em medicina veterinária

Primeiramente, fazer um curso de pós-graduação em medicina veterinária é, mais do que um diferencial, também, uma etapa seguida por profissionais que buscam pelo sucesso.Por isso, a seguir, conheça alguns bons motivos para ter uma especialização em seu currículo.

Necessidade de especialização

Basicamente, um curso de pós-graduação tem como objetivo ampliar e aprofundar os conhecimentos adquiridos na graduação. Dessa forma, garante que o profissional se alinhe com as demandas do mercado de trabalho. Isso sem falar da necessidade de agregar mais conhecimento à sua área de atuação, otimizando o seu desempenho na função.

Mais qualificação

Buscar por uma especialização deixou de ser um diferencial para se tornar um caminho natural pelo qual passam profissionais que desejam alcançar melhores posições de trabalho. Vale destacar que clínicas e hospitais veterinários certamente levam em conta esse aspecto e tendem a escolher profissionais que tenham competências específicas para o cargo.

Isso sem falar que, para quem opta por abrir seu próprio consultório ou clínica, a pós-graduação garante mais autoridade e reconhecimento dos tutores, permitindo que mais pessoas se interessem pelo seu serviço.

Atualização

Em alguns setores, dentre eles o agropecuário e veterinário, as pesquisas evoluem constantemente e, a cada ano, novas descobertas, soluções e técnicas de diagnósticos são implementadas para melhorar a produção e a criação de animais.

Sendo assim, é preciso que o profissional dessa área esteja sempre se atualizando, aprimorando e reciclando o conhecimento. Isso demonstra preocupação de alguém que preza sempre por melhorar o seu trabalho.

Crescimento dentro da área de atuação

Embora uma pós-graduação em medicina veterinária não garanta ascensão imediata na carreira, ao mesmo tempo, ela permite que haja um reconhecimento do investimento realizado, o que certamente melhora a forma como tutores e criadores animais vejam o seu trabalho.

Além disso, graças ao conhecimento adquirido nesse percurso, o profissional se torna mais apto para realizar os procedimentos clínicos e ambulatoriais como mais cuidado e competência, o que pode trazer recompensas pessoais e profissionais.

Treinamento prático

Mais do que um diploma na parede, uma pós-graduação em medicina veterinária garante ao profissional se destacar no mercado e realmente por a mão na massa. Tal experiência nem sempre é possível ser vivenciada nas faculdades.

Ampliação do networking

Ao mesmo tempo, outro ponto positivo de investir em sua capacitação profissional com uma pós-graduação é poder utilizar dos espaços de convivência ofertados pelo curso para se ampliar o networking. Ainda mais que o contato com outros profissionais e também alunos, permite construir uma relação profissional e fazer o seu marketing pessoal.

Além disso, nos cursos há a possibilidade de ter aulas com professores que são renomados e atuantes no mercado, que poderão fazer parte da sua rede contatos e até mesmo na indicação para oportunidades futuras.

Por fim, tudo isso culmina na ampliação do networking profissional, fundamental para o crescimento e para a consolidação da reputação no ramo de atuação.

Tipos de pós-graduação

Agora que você já sabe porque fazer uma pós-graduação em medicina veterinária é importante continue a leitura a fim de entender quais são os tipos de especializam existem e qual delas combina mais com o seu perfil.

  • Pós-graduação Lato Sensu: esta é a modalidade em que o aluno recebe treinamento mais voltado para a prática e situações rotineiras dentro da área de atuação. Além disso, essa modalidade é indicada para médicos veterinários que querem, de fato, por a mão na massa.
  • Especialização do tipo MBA (Master Business Administration): curso cujo foco é em processos voltados para a administração, independente do setor. Ademais, é ideal para quem pretende gerir uma clínica ou hospital, por exemplo,
  • Stricto Sensu: o profissional obtém um título de mestre ou doutor a partir da defesa de uma dissertação ou tese que explora um ponto específico. Prepara o profissional para atuar no magistério ou no campo científico.

Principais áreas para se especializar em medicina veterinária

Como vimos, o profissional que quer se especializar de forma prática e agregando conhecimentos que são exigidos na rotina de atendimento deve fazer uma pós-graduação em medicina veterinária no formato Lato-Sensu.

Por tal razão, em parceria com o Cenva Pós-Graduação, especializada em formação prática, separamos 3 opções de cursos de pós-graduação em medicina veterinária nas áreas que são as mais buscadas pelos profissionais da área. Confira!

Reprodução e Produção de Bovinos

Decerto que a reprodução bovina é uma das áreas mais rentáveis da medicina veterinária. Isso porque o Brasil possui o segundo maior rebanho do mundo, além de ser um grande exportador de carne. Tendo isso em vista, a demanda por profissionais que dominem técnicas de manejo reprodutivo e de produção para gado de corte e de leite é muito alta.

Na pós-graduação em Reprodução e Produção de Bovinos o aluno tem treinamento prático em duas frentes. No que diz respeito à reprodução, o curso aborda os aspectos da fisiologia reprodutiva do macho e da fêmea assim como aspectos teóricos e práticos das principais biotécnicas da reprodução animal:

  • Inseminação artificial
  • Inseminação artificial em tempo fixo-IATF
  • Sexagem de espermatozóides
  • Congelamento de sêmen
  • Diagnóstico de gestação e sexagem fetal por ultrassonografia
  • Transferência de embriões
  • Aspiração folicular
  • Produção de embriões in vitro (PIV)
  • Congelamento de embriões
  • Micromanipulação de gametas e embriões
  • Sexagem de embriões
  • Clonagem animal
  • produção de animais transgênicos

De conformidade com isso, na etapa que diz respeito à produção de bovinos de corte, o aluno tem contato com teoria e prática relacionadas as principais técnicas de administração técnica e econômica da bovinocultura, manejo sanitário, nutrição, formulação de dietas e rações, morfologia e eficiência reprodutiva.

Reprodução em Equinos

A equinocultura é uma área com bastante demanda no Brasil. Inegavelmente, porque cada vez mais criadores de cavalos recorrem a profissionais que dominem técnicas de reprodução para produzir animais com um alto desempenho. Sendo assim, fazer uma pós-graduação em Reprodução em Equinos é altamente vantajoso.

Portanto, neste curso, o aluno o aluno irá aprender, tanto de forma teórica quanto prática sobre:

  • Panorama geral da equideocultura;
  • Anatomia, fisiologia e sazonalidade reprodutiva da fêmea;
  • Foliculogênese e hormonioterapia;
  • Fertilização, placentação e gestação;
  • Exame ginecológico via palpação transretal;
  • Diagnóstico ginecológico e gestacional;
  • Ultrassonografia modo brilho e doppler para diagnóstico;
  • Citologia, biópsia e cultura no diagnóstico ginecológico;
  • Obstetrícia e cirurgias obstétricas;
  • Neonatologia e interpretação dos exames clínicos;
  • Exame andrológico;
  • Biotecnologias do sêmen;
  • Hormonioterapia;
  • Inseminação Artificial;
  • Transferência de embriões;
  • Aspiração folicular;
  • Programa de iluminação artificial;
  • Seleção e manejo adequado de doadoras e receptoras de embriões;
  • Ética profissional, relacionamento com o proprietário e esquemas de cobrança;
  • Dia a dia do profissional de campo.

Diagnóstico por Imagem em Pequenos Animais

Médicos veterinários que optam por trabalhar com pequenos animais se deparam com um crescimento da procura pelos serviços em virtude de uma maior preocupação dos tutores com seus filhos de quatro patas.Isso sem contar que o país ser um dos que possuem o maior número de animais domésticos.

Assim, é fundamental estar preparado para atendê-los com o que há de melhor na área.

A técnicas de diagnóstico por imagem, sobretudo a ultrassonografia veterinária, estão sendo amplamente utilizadas em clínicas, hospitais e por profissionais que atuam de forma volante.

No curso de pós-graduação em Diagnóstico por Imagem em Pequenos animais, o médico veterinário irá proporcionar ao aluno conhecimento exclusivo na área, aplicando técnicas modernas de ultrassonografia, radiologia, tomografia computadorizada e ressonância magnética.

Os principais pontos abordados neste curso não:

  • Anatomia Topográfica
  • Princípios Físicos do Modo M e Doppler
  • Ultrassonografia Abdominal (Sistema Urinário, hepatobiliar, gastrointestinal, baço, adrenais e reprodutivo)
  • Ultrassonografia Cabeça e Pescoço
  • Ultrassonografia Oftálmica
  • Ultrassonografia Articular
  • Ultrassonografia Vascular
  • Ultrassonografia em Emergências Clínico Cirúrgicas
  • Ecodopplercardiograma
  • Princípios Físicos da Radiologia
  • Radiologia do Sistema músculo-esquelético
  • Radiologia do Sistema cardiovascular
  • Radiologia do Sistema Respiratório
  • Radiologia do Sistema Digestivo
  • Radiologia do Sistema Genito-Urinário
  • Princípios Físicos da Ressonância Magnética
  • Aplicações da Ressonância Magnética
  • Princípios Físicos da Tomografia Computadorizada
  • Aplicações da Tomografia Computadorizada

Viu só? Existem ótimas opções para fazer um curso de pós-graduação em medicina veterinária. O que você está esperando para fazer a diferença e tornar um profissional ainda melhor?

No Cenva Pós-Graduação o aluno pode experimentar um treinamento prático, individualizado, com aulas com grandes especialistas e toda a estrutura para aprender muito sobre a área.

E se você quer saber mais sobre o assunto, conheça o Cenva Pós-Graduação e tenha acesso a um modelo de formação inédito no país!

Pós-Graduação em Medicina veterinária