Aspiração folicular guiada por Ultrassom – fecundação in vitro (FIV) em Bovinos.

Aspiração folicular para FIV está em alta! Vamos destrinchá-la:

 

Primeiramente a aspiração folicular para FIV (fecundação in vitro) é uma alternativa para acelerar a produção de animais geneticamente superiores.

Esse procedimento permite que uma reprodutora produza centenas de bezerros em um mesmo ano.

Esta técnica permite evitar o descarte precoce de fêmeas geneticamente privilegiadas,

portadoras de alterações adquiridas que impeçam que a reprodução ocorra de forma natural e podem sofrer outras alterações.

Outra coisa bem bacana que a FIV proporciona é que as bezerras e novilhas, reduzam o intervalo entre gerações, aumentando assim a produtividade do seu rebanho.

Vamos as etapas dos procedimentos:

Aspiração folicular em ovários guiada por Ultrassom.

A aspiração folicular, guiada por Ultrassonografia, consiste no método que permite coletar, de forma repetida,

os ovócitos por aspiração dos folículos, visualizando na tela de um ultrassom.

Tal técnica tem como objetivo aspirar ovócitos de folículos ovarianos de vacas “in vivo”,

onde posteriormente esses ovócitos são fecundados.

Vamos ao passo a passo:

1- O técnico utiliza, para a coleta, uma agulha acoplada no mandril da guia e no circuito e esse ligado na Bomba de Aspiração Folicular,

guiada por ultrassonografia transvaginal.

A vaca é colocada no tronco e, deve-se realizar a limpeza do reto, em seguida, é feita anestesia epidural.

2- Posteriormente, é feita a lavagem da vulva, com água corrente, e secagem com papel toalha.

Em seguida, a sonda ( a guia de aspiração), já com gel para Ultrassom é introduzida na vagina da vaca,

lembrando que a agulha está acoplada a essa sonda.

3- Com uma das mãos introduzida no reto, o ovário é localizado e posicionado o mais próximo possível da sonda,

que está no assoalho da vagina.

A Bomba de Aspiração é acionada.

4- Os ovócitos e líquidos foliculares são depositados em um tubo de falcon, para futura procura.

Esse tubo contém Heparina, que serve para não deixar o conteúdo aspirado coagular, o que, normalmente,

é causado pela presença de sangue, prejudicando, assim, o rastreamento, dentre outros.

5- Após a aspiração dos dois ovários, o tubo é levado para um laboratório.

Durante todo o processo, é muito importante que o tubo esteja protegido do sol, variação de temperatura do modo geral, como ar condicionado e etc..

Por esta razão você pode adquirir um transportador de embriões.

No laboratório, o conteúdo é despejado em um filtro e lavado com solução salina fosfatada (PBS) + soro fetal.

Esse processo de lavagem é realizado várias vezes, até a coloração do líquido ficar clara.

Em seguida, esse líquido é colocado em uma Placa de Petri, para se fazer o rastreamento dos ovócitos.

Essa placa é colocada em um Estereomicroscópio, onde é iniciada a procura.

Depois de serem rastreados por duas vezes (não é estabelecido um número de vezes, pode ser mais ou menos),

os ovócitos encontrados são colocados em uma Placa de Petri menor, contendo meio de lavagem

Gostou do artigo? Realmente este é um assunto em alta. Um ponto crucial para o sucesso da aspiração folicular para FIV é o equipamento de ultrassom. Temos uma excelente opção para você: Ultrassom A5 Vet pagando a partir de R$13,00 por dia!